Felipe Louro Figueira – SGA

Sistemas de Gestão Ambiental (SGA) – Felipe Louro Figueira

SGA - Felipe Louro Figueira

SGA – Felipe Louro Figueira

Os sistemas de gestão ambiental têm como objetivo a melhora da qualidade ambiental e do processo de decisão. São utilizados em todas as áreas dos empreendimentos e podem ser preventivos, corretivos, de remediação e proativos, dependendo da fase em que são implantados.

Sistema de Gestão Ambiental (SGA) é uma estrutura organizacional que permite à empresa avaliar e controlar os impactos ambientais de suas atividades, produtos ou serviços. São seis os elementos importantes de um SGA:

  • 1. Política ambiental, na qual a empresa estabelece suas metas e compromissos com seu desempenho ambiental;
  • 2. Planejamento, no qual a empresa analisa o impacto ambiental de suas atividades;
  • 3. Implementação e operação, que são o desenvolvimento e a execução de ações para atingir as metas e os objetivos ambientais estabelecidos na política ambiental.
  • 4. Monitoramento e correção das ações, que implica o monitoramento e a utilização de indicadores que asseguram que as metas e os objetivos estão sendo atingidos;
  • 5. Revisão gerencial, na qual o SGA é revisado pela alta administraçao da empresa, a fim de assegurar sua probabilidade, adequação e efetividade;
  • 6. Melhoria contínua.

O Sistema de Gestão Ambiental é o conjunto de diretrizes adotadas para a implementação de uma política ambiental numa determinada empresa ou unidade produtiva que especifica competências, comportamentos, procedimentos e exigências a fim de avaliar e controlar os impactos ambientais de suas atividades.

Podemos definir Sistema de gestão Ambienta (SGA), segundo a NBR ISO 14001, como a parte do sistema de gestão que compreende a estrutura organizacional, as responsabilidades, as práticas, os procedimentos, os processos e recurso para aplicar, elaborar, revisar e manter a política ambiental da empresa.

SGA - Felipe Louro Figueira

SGA – Felipe Louro Figueira

 

 

O Sistemas de Gestão Ambiental permitem as empresas, de forma imediata:

 

 

 

  • Segurança, na forma de redução de riscos de acidentes, de sanções legais, etc;
  • Qualidade dos produtos, serviços e processos;
  • Economia e/ou redução no consumo de matérias-primas, água e energia;
  • Mercado, com a finalidade de captar novos clientes;
  • Melhora na imagem;
  • Melhora no processo;
  • Possibilidade de futuro e a permanência da empresa;
  • Possibilidade de financiamentos, devido ao bom histórico ambiental.

3.1.1.  Benefícios do SGA

3.1.1.1.      Benefícios Econômicos

 

São benefícios econômicos do SGA: a redução no consumo de água, energia e outros insumos, a reciclagem e reaproveitamento de resíduos e a redução de multas e penalidades por poluição. Há ainda um incremento na receita, através do aumento da contribuição marginal de “produtos verdes” que são vendidos a preços mais altos e o aumento da participação no mercado com produtos inovadores.

Benefícios Estratégicos

O SGA pode trazer inúmeros benefícios no que diz respeito às estratégias. São eles: melhoria da imagem da instituição, renovação da carteira de produtos, aumento da produtividade, maior comprometimento do pessoal e melhoria nas relações de trabalho, melhora na relação com órgãos governamentais, comunidades e grupos ambientalistas, acesso assegurado ao mercado externo.

Por: Felipe Louro Figueira

CREA-RJ: 2014109133

www.aseventos.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>